Grandes Paixões (Desenhos animados)

https-s3-ap-southeast-2.amazonaws.comvms-tv-images-prod20170467895POKE_Pokemon_1920

Existem desenhos animados que não gostava nada tipo os famosos “Oliver e Benji” ou “Bob o construtor” ou a “Dora” (que grande seca e que coisa ridícula!) assim como os “Little Einstein”.

Outros não tão famosos como uns estúpidos que davam na TVI (comecei a ter TVI/RTP1 pela primeira vez com cerca de 11/12 anos) em que era o Jackie Chan em forma de boneco, o tão irritante “Milo” da RTP2, e os odiáveis e famosos “Power Rangers”.

Agora grandes paixões: Pokemon!!! (entre os criadores Satoshi Tajiri e Ken Sugimori), eu na altura era jogador federado de hóquei patins e queria faltar aos treinos por causa dos Pokemons, pois eu tinha treinos aos Sábados de manhã, os tais Sábados – dia tão esperado e ansiado, que felicidade!! Porque é que tanta gente gosta dos Pokemon, sobretudo os rapazes? Enfim houve sempre vários preconceitos para associarem os Pokemons aos rapazes já que é algo de aventura e coisas assim e as raparigas ficam com coisas parvas, preconceitos ridículos e as raparigas que ultrapassaram estes estigmas também veneravam Pokemons! Os Pokemons têm gráficos muito mais originais, não os típicos monstrinhos tudo à base de dinossauros ou animais em forma pequena/gigante. As histórias mais originais, enfim acabava também por se repetir, pois já queríamos outra coisa além do campo de batalha ou ir para um mundo da batalha, não!: é o nosso próprio mundo assim, o nosso mundo tem de ser vivido assim aventurosamente! Não é a típica história de maus contra bons ou coisa do género, é simplesmente competir para ser o melhor num mundo cheio de excitação e adrenalina, portanto somos todos nós que fazemos parte desta aventura daí que Pokemon convenceu tanto os meninos rebeldes, betos, mitras, anjinhos, flores-de-estufa, chungas, normaloides, os que se cagavam para tudo, os traquinas, ratos de biblioteca, enfim quem pode negar um mundo assim? É um mundo fantástico que pode ser altamente tentador para a realidade mas um pormenor muito importante que já foi referido: a “conquista”, a possibilidade de se “expandir”!!

Os Digimons já eram mais “normais” mas dentro desta normalidade eram bem interessantes, eu como não tinha TVI (pois isto dava neste canal), só conheci isto mais tarde (apenas ouvia falar dos Digimons que eram fixes, obviamente não tão espetaculares como os Pokemons), quando passaram a dar na SIC, salvo erro, admito que gostei imenso, o último episódio em que eles se separavam dos Digimons chorei amargamente, é impressionante que choro mais com a ficção do que com a realidade.

Há outros desenhos animados também muito conhecidos e que apreciei bastante como Charlie Brown; Bob esponja; Doraemon. Não era grande fã de uns que parece que atualmente já consigo apreciar mais, “Arthur” (Marc Brown), já a Avó detetive (Maurice Maréchal) achava uma seca, tudo muito empolado (já agora sempre achei muito confundívei a personagem principal da avó detetive, precisamente a avó Proença com a avósinha dos Baby Looney Tunes ou até mesmo da que era dona do Silvestre por exemplo), já Histeria! achava um máximo, contavam as coisas tudo aos berros e tudo com disparates! Do mesmo tipo de desenhos eram aqueles dois ratinhos em que um queria dominar o mundo, eram divertidos!

A Ilha das cores eram aborrecidos (Paulo Resende, Teresa Paixão), as Aventuras do Jovem Mozart nada de especial (Udo Beissel, Winfried Debertin), poderia ficar um pouco mais atento pois como andava no conservatório, tocava piano e tocava Mozart….”O gang” (Magnun Carlsson, David Garret) eram muito feitos graficamente mas as histórias até tinham alguma piadinha mas nada de especial! Antes de ir para uns desnhos que amava, queria expor alguns que não me recordo dos nomes: existiam uns na RTP2 que davam à tarde, eram uns desenhos realistas passados num navio de luxo onde aconteciam peripécias, não sei porquê tenho ideia que eram franceses e havia pelo menos duas personagens, dois homens, que eram claramente homossexuais, o que não era muito comum passar coisas assim na televisão (agora já é, enfim a RTP2 sempre foi excecional, mas conteúdo para crianças foi a primeira e única vez que assisti a tal coisa!); havia uns giros com os gráficos estilo bob o construtor mas a personagem principal era um veterinário, eu também devo ter prestado um bocado de mais atenção pois como o meu pai é veterinário…; existiam também uns giríssimos, do melhor, em que se tratava duma companhia de teatro que tinha sempre problemas mas acabavam por resolver as coisas nem que fossem mais originais, também na RTP2, não sei porquê achava que o nome destes era qualquer coisa como O teatro de Esopo ou algo relacionado a Fábulas de Ovídeo, mas não consegui encontrar os desenhos correspondentes (os gráficos eram muito parecidos a uns outros DA que vi um ou outro episódio «Pigi e os seus amigos»); finalmente existiam uns em que cada episódio era uma aventura ao som de uma música de estilo dito «clássico», tenho a impressão que as personagens eram instrumentos musicais (no episódio do Danúbio azul de Strauss, a história passava-se num balão – transporte – e havia uma peripécia qualquer ou o balão caia ou coisa do género).

E os que amava e não sei porquê pouca gente os conhece, achava-os extremamente originais, os disparates eram sempre um máximo, tudo corria sempre da pior maneira (sempre fui muito de humores negros he he he!!!)e adorava o facto de cada personagem estar ligada a uma qualidade, fazia-as cada uma serem completamente únicas: O Super Apresentador (Roger Hargreaves, Adam Hargreaves):

 

4 pensamentos sobre “Grandes Paixões (Desenhos animados)

  1. Viva, quanto ao que deu na RTP2 com navios, talvez fosse o “Expedições de Jacques Cousteau”. Ou “As Aventuras de Corto Maltese”. Acho que se fosse o Tintim, que recordarias o nome.
    O Super Apresentador eu tive em criança maioria dos livros em francês. Pois isso era muito conhecido em frança/suíça a nível de livros ilustrados para crianças.
    Cumps

    Gostar

    1. Olá!!
      Que felicidade: recebi um comentário!! Bem-vindo ao blogue da decadência!

      Eu escrevi estas publicações no ano passado, foi uma maneira de me relembrar de todos os desenhos que via (daí estarem um pouco em revista sem conteúdo, sem interesse). Entretanto elaborei uma lista que ultrapassa a centena, significando que a maioria das coisas aqui no blogue estão desatualizadas. Conheço esse do Jacques Cousteau, uns desenhos que gostava imenso mas infelizmente não correspondem ao que procurava, tratava-se duns bem mais desinteressantes (apesar de por vezes serem cómicos): Jet Groove, não sei se já ouviste falar. Os do Corto Maltese, conheço a banda desenhada mas não os desenhos. Tenho uma enorme paixão pelo Tintim, li toda a banda desenhada dele.

      Em Portugal O super apresentador não é muito conhecido e nunca vi os livros dele por aqui.

      Dado que fiz várias investigações de desenhos em sites arquivos, recuperei bastantes dezenas e pondero criar um site para divulgá-los.

      No teu site não há nenhuma secção para procuras de desenhos animados pois não? É que ainda tenho uma dúzia que não me recordo do nome..

      Gostar

    1. Não poderia ter recebido melhor comentário, até poderia apenas ter hieróglifos altamente indecifráveis que o comentário seria o melhor do mundo à mesma, pois viria sempre de alguém que eu estimo tanto.

      Muito obrigado mesmo pelas palavras!! Já estive na Grécia em 2013 um mês em Salónica tendo passeado pelo norte e naquela região, fui lá com uma bolsa que ganhei pois me pusera a aprender grego moderno na Universidade Nova de Lisboa.
      Que tenhas uma vida cheia de magia na Grécia como a música que me enviaste.

      Muito obrigado,
      Fernando Couto

      Que fixe, tenho um comentário de Nossa Grande Excelência André Maia!!

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s